QUEM SOMOS

Somos um grupo de decididos cidadãos que, através de trabalhos voluntários, busca a melhoria de vida das pessoas comunitárias, auxiliando-as na elaboração, desenvolvimento e execução de projetos, que visem o bem estar da comunidade barrosense.

A Associação Ortópolis possui um escritório de gestão à Rua Silvano Albertoni, 100, no centro de Barroso. Lá o Conselho Diretor, assim como o Conselho Fiscal reúnem periodicamente para receber orientação e determinar os próximos passos para que haja uma boa administração.

O atual Diretor Presidente é o Sr. Oswaldo Walter da Silva e seus auxiliares são: Marco Aurélio da Silva, Maria Aparecida Melo, Jorge Barbosa da Silva, Daise Almeida Ferreira, Gláucia aparecida dos Santos, Domingos Sávio Lamounier, Célio Reis, Cristiano R. Pereira Filho, Regina Laura Ferreira, Aquino Rodrigues de Almeida e Neide Moreira dos Santos Lima.

O inicio:

O projeto Ortópolis teve inicío no ano de 2003, com a articulação do Instituto Holcim, e dos moradores de Barroso, no Estado de Minas Gerais, visando o processo de desenvolvimento local sustentável a partir da mobilização comunitária.

O nome desse projeto essencialmente inovador, Ortópolis, vem do grego: Orto=correto; Polis=cidade. Buscar uma cidade concebida e desenvolvida com base nas necessidades das pessoas que nela moram, dando-lhes soluções avançadas em conformidade com o “estado da arte” de cada uma das áreas envolvidas.

Barroso sensibilizou a comunidade para a urgência de se organizar com o objetivo de buscar alternativas para o desenvolvimento econômico e social da cidade. Este programa, baseado na metodologia do Instituto Edgar von Buettner, é estruturado no  conceito de visão sistêmica, promovendo a interação entre diversos níveis da sociedade.

A primeira fase do projeto foi dedicada ao diagnóstico das necessidades de Barroso. Os grupos de trabalho levantaram as ações necessárias para a mudança de comportamento, a elaboração de modelos para políticas públicas, o empreendedorismo, o agro-negócio, o eco-negócio, o plano estratégico urbano, a melhoria da infra-estrutura, a gestão ambiental municipal e o embelezamento da cidade.

Em outubro de 2004, foi criada a Associação Ortópolis Barroso para gerir o projeto. A partir daí, foram estabelecidas três frentes de atuação: mudança comportamental com o fortalecimento das associações comunitárias, geração de renda com a valorização do artesanato, do setor eletromecânico, fortalecimento do agronegócio e do comércio, e melhoria da cidade, com o estímulo à gestão do lixo e questões de infra-estrutura.

As ações do Projeto Ortópolis Barroso possibilitaram a criação do Fundo Solidário de Investimento Social, gerenciada pela Associação Ortópolis Barroso, com recursos provenientes do convênio entre o Instituto Holcim e a Fundação Interamericana.

Em 2007, os associados da AOBse reuniram-se em Assembléia Geral e aprovaram uma nova estrutura de trabalho, com gestão baseada nos projetos e com foco em três setores: 

  • Setor Eletro-mecânico
  • Setor  Agro-pecuário
  • Setor de Turismo, este voltado para ações junto ao comércio, artesanato, hotelaria, gastronomia e no embelezamento da cidade.

Em 2008, A AOB lançou a primeira edição do Jornal Ortopolitano, onde divulgou seu slogam   “ Nada acontece, a não ser que o façamos! ”.

Finalmente, em 2012, a Associação Ortópolis Barroso passa por novo processo de Planejamento Estratégico Institucional, com a ajuda do IDIS – Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social, onde define suas novas metas e foco de atuação.

MISSÃO - VISÃO 

MISSÃO:

“ Proporcionar espaço de discussão e articulação de parcerias para o desenvolvimento sustentável do Município de Barroso.”.

VISÃO:

            “ Ser uma referência em estratégias que promovam o desenvolvimento sustentável em nível municipal. ”.

 

EQUIPE  EXECUTIVA

DIRETOR PRESIDENTE: Oswaldo Walter da Silva

Vice-presidente: Marco Aurélio da Silva

Diretora Adiminstrativa Financeira: Maria Aparecida de Melo

Vice-diretor Administrativo Financeiro: Jorge Barbosa da Silva Célio Conselheiros: Daise Almeida Ferreira; Gláucia Aparecida dos Santos; Domingos Sávio Lamounier; Célio Reis e Cristiano Rodrigues Pereira Filho.

 

PARCEIROS:

Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Barroso - ACIB

Ronaldo Ferreira

Associação de Pais e  Amigos dos Excepcionais – APAE

Baltazar Aparecido dos Santos

Instituto Nossa Senhora do Carmo – INSC

Lourenço André Pinto da Silva

SENAI

César Alexandre Nunes Ferreira

Lafarge / Holcim  S/A

David Possamai

Colégio São José

Lauro César Lamounier

Câmara Municipal de Barroso

Edson José de Campos

Prefeitura Municipal de Barroso

Eika Oka de Melo

Instituto Holcim

Maurício Ferreira

Ex coordenadores da AOB

José Maria Reis  Fraga

Fernando Terra

Paulo Andro de Mendonça Terra

Célio Reis

Geraldo Napoleão Neto

Jorge Barbosa da Silva

Secretaria  Executiva:

Assistente de Projetos - Sandra Dutra dos Santos

Assistente Administrativa-financeira - Flávia Freitas

 

RECONHECIMENTO

A Holcim Brasil, através do projeto Ortópolis Barroso foi a vencedora do prêmio ECO 2007 na categoria “Comunidade”.

Lançado pela Amcham (Câmara Americana de Comércio) em 1982, o Prêmio ECO foi pioneiro no reconhecimento de empresas que adotam práticas socialmente responsáveis, gerando uma rica reflexão sobre o desenvolvimento empresarial sustentável no Brasil.

O nome ECO nasceu de uma fusão das palavras empresa e comunidade para traduzir o interesse de seus criadores de transformá-lo em um instrumento de compromisso corporativo com o desenvolvimento social.

Ao longo dos anos, o Prêmio ECO foi marcado pela antecipação de tendências históricas e pela influência sobre o comprometimento das companhias com a sustentabilidade. Seu formato e seu conteúdo acompanharam a evolução do tema e da prática da Responsabilidade Social Empresarial no País e no mundo.